• + 44 7448 115566
  • Victoria Avenue, EC2M 4NS, London
News Photo

Insatisfação com a imagem corporal

Insatisfação com a imagem corporal acontece quando sentimentos e percepções negativas estão associadas a noção que a pessoa tem do próprio corpo, envolvendo tamanho, aparência, forma e influências culturais sobre o padrão do corpo ideal. Histórico de vida, traumas, bullying, ambientes disfuncionais, hereditariedade, altos níveis de stress e condições de vida também são determinantes de como o indivíduo vê o próprio corpo.

Um estudo sobre o tema no Brasil, identificou que a insatisfação corporal em mulheres está vinculada à percepção de estarem acima do peso. Homens, por outro lado, apresentaram insatisfação com a imagem corporal por terem a idéia de que tem menos volume muscular do que deveriam. Esses sintomas podem ter a ver com o ideal de beleza imposto pela sociedade, com o padrão comparativo ou com problemas de autoestima e de imagem corporal deturpada.

Ao contrário do que o senso comum pensa, pessoas que já alcançaram o dito “corpo ideal” também podem sofrer de insatisfação com a imagem corporal. Caso a imagem corporal esteja deturpada, a pessoa não terá a noção exata do corpo físico. Isso as levaria a ingressar em um espiral de dietas mirabolantes, treinamentos excessivos e uso de recursos ergogênicos de maneira frenética, na tentativa de melhorar a imagem corporal que só elas enxergam ou idealizam. Aqueles que as circundam não conseguem entender o porquê do descontentamento com a própria imagem. Atletas também podem apresentar problemas de insatisfação com a imagem corporal, mesmo tendo índices muito baixos de gordura corporal e massa muscular considerável. Esse problema, segundo estatísticas, pode ser encontrado em 25% dos bodybuilders, onde os mesmos lutam para serem maiores e se concentram 24 horas somente no próprio corpo. Depressão e ansiedade infelizmente rondam esses atletas.

Como a imagem corporal depende da autoestima, é normal um certo grau de insatisfação com o espelho, quando ela está baixa. No entanto, quando falamos de episódios recorrentes de insatisfação com a própria imagem, levando a pessoa ao sofrimento psicológico e impactando nas atividades diárias, podemos estar nos referindo à uma manifestação que exige intervenção profissional. Não obstante, insatisfação com a imagem corporal pode estar associada à transtornos mentais comuns (ansiedade e depressão) e distúrbios alimentares.

Uma avaliação profissional pode ajudar na identificação de problemas maiores ou descartá-los, para que as pessoas estejam em paz com seus corpos e consigam encontrar mais satisfação, autoestima e bem-estar psicológico e, no caso de atletas, otimizar os resultados.

Compartilhar Postagem

ingles portugues